Preaload Image

EDITORIAL

Com a expansão e o crescimento da nossa economia nos últimos anos, temos observado a preferencia pelo acadêmico em iniciar sua carreira atuando a pleno vapor no mercado de trabalho, em empresas de serviço, de produção e de construção. Este é um momento de reflexão e de alerta para alguns acadêmicos cujo perfil é muito adequado para realizar estudos pós-graduados. A passagem por um programa de pós-graduação “stricto senso” é muito oportuna no inicio da carreira, por vários motivos. Um deles é a inexistência de vínculos familiares e profissionais, que normalmente exigem muito tempo disponível para quem deles participa. Outro é que o acadêmico neste instante esta com todos os conceitos teóricos absorvidos recentemente. Alongar, portanto, a vida acadêmica em pelo menos dois anos, no caso do mestrado e em quatro anos, no caso do doutorado, pode valer a pena. Em primeiro lugar a formação complementada e pela titulação acadêmica, que abre espaço para a atuação no ensino superior e na área de pesquisa. Em segundo lugar, pelo enriquecimento do currículo pessoal. Hoje, o mercado profissional. E em terceiro lugar, pela possibilidade, com esta melhor formação, de um crescimento profissional mais rápido e mais extenso. Aos jovens acadêmicos da Unilins, pedimos pela participação em um programa de iniciação cientifica e pela execução de um projeto de iniciação cientifica.

O PIC – Programa de Iniciação Cientifica da Unilins, gerenciado por esta Pró-Reitoria, está à sua disposição. Venha trabalhar conosco apresentando um projeto para o ano de 2012. Temos a certeza de que esta sua participação poderá ser o elemento catalizador de uma grande carreira profissional que o espera.

Prof. Dr. Bernardo Luiz Costas Fumió

SUMÁRIO DE ARTIGOS

Avaliação do conhecimento de jovens do ensino médio com relação às ist/aids4
Avaliação do conhecimento de enfermeiros e auxiliares de enfermagem sobre o uso de epi na prevenção de acidentes com perfuro cortantes11
Prevalência e fatores associados ao tabagismo em funcionários da fundação paulista de tecnologia e educação (fpte)19
Saneamento e epidemiologia ambiental: doenças de veiculação híbrida25
Materiais reciclados e sustentáveis – aplicabilidade na construção civil com técnicas convencionais30
Gerenciamento eletrônico de documentos, uma abordagem na segurança37
Aterramento elétrico e conceitos42
Comportamento dos disjuntores diferenciais residuais (ddr) na presença de correntes distorcidas45
Retorica da imagem visual52
Controle social do conhecimento: uma questão-chave no domínio social57
Mini-tutorial para desenvolvimento de jogos usando a plataforma j2me70
Um estudo para identificação de funcionalidades de redes sociais acadêmicas na web 2.075

A Revista poderá ser obtida em permuta junto à Biblioteca.
E-mail: biblioteca@fpte.br
Telefone: (14) 3533-3227